Prolapsos Uterinos: O que são e como evitar

prolapsos-uterinos-o-que-sao-e-como-evitar

Entenda como evitar e tratar prolapsos uterinos em suas matrizes suínas

A suinocultura é uma atividade que demanda cuidados constantes com a saúde das matrizes a fim de garantir o sucesso na produção de seus leitões, evitando possíveis doenças nos animais. No entanto, um dos problemas que mais relevância tem ganhado nos congressos de suinocultura, são os prolapsos uterinos, que consiste na saída do útero pela vulva. Gerando descartes que afetam o sistema de produção da granja.

Assim como acontece em diversas espécies, o prolapso uterino ocorre com mais frequência em matrizes mais velhas, especialmente depois de partos difíceis ou em decorrência de uma perda de tônus uterino. Contudo, relatos de antecipação de idade para o problema têm sido cada vez mais frequentes na suinocultura mundial, o que pode estar relacionado com diversos fatores, como alimentação, ambiente e genética, por isso, ressaltamos a importância de encontrar uma empresa que tenha o compromisso nos melhores resultados, como acontece aqui na TOPGEN.

Principais sintomas do prolapso

Os principais sinais clínicos do prolapso incluem a protrusão parcial ou total do útero pela vulva, dor abdominal e comportamento agitado. A condição é considerada uma emergência médica veterinária e o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível. Em alguns casos, a fêmea pode apresentar sangramento vaginal e, se o útero ficar exposto, pode haver infecção, sendo que o tratamento vai depender, em geral, da gravidade de cada caso. Já em casos mais leves, pode-se recolocar o útero para dentro da fêmea, mas isso deve ser feito com cuidado para não agravar o problema. Contudo animais que apresentam esse problema precisam ser descartados, afetando de forma considerável o desempenho produtivo e reprodutivo do plantel.

Cabe ressaltar a importância econômica gerada pela incidência de casos de prolapsos no plantel, assim como na sua saúde e bem-estar do rebanho em geral. Portanto, é fundamental adotar medidas preventivas para evitá-lo, como o manejo adequado das matrizes, incluindo uma alimentação balanceada e rica em nutrientes. Vale aqui um parêntese ressaltando a relação de prolapsos com animais expostos a micotoxinas. Com isso, a importância de utilizar matérias primas de excelente qualidade, armazenadas de forma correta e com todos os cuidados possíveis no âmbito de testagens, visando a diminuição da proliferação de fungos que são os causadores das micotoxinas.

Outras dicas são um ambiente limpo e confortável, sem superlotação, e uma programação reprodutiva adequada. Além disso, a seleção genética adequada pode ajudar a minimizar a ocorrência do problema, escolhendo linhagens menos susceptíveis a infecção e selecionadas para não apresentarem o problema.

Por que escolher a TOPGEN?

Com décadas de seleção genética, nós oferecemos a matriz mais completa do mercado, a Afrodite, adaptada e com excelentes índices produtivos e reprodutivos, incluindo baixo intervalo entre partos, baixas taxas de descarte e mortalidade. Ademais, obtemos uma média de reposição de cerca de 37% do rebanho ao ano, o que reforça nossos baixos índices de mortalidade e reposição de matrizes por problemas reprodutivos.

Segundo o Gestor Comercial e Zootecnista da TOPGEN, João Cella, “Os nossos excelentes números, podem ser relacionados a preocupação com o tema, uma vez que sempre enfatizamos e selecionamos linhagens menos propensas à infecções desses patógenos e adaptadas ao cenário brasileiro da suinocultura. Sempre levando em consideração os desafios aos quais as matrizes serão expostas e buscando superioridade de índices para esses desafios”, afirma.

Se você gostou do conteúdo de hoje sobre como evitar prolapsos uterinos compartilhe essa matéria com seus amigos e aproveite para acompanhar todas as novidades da TOPGEN nas redes sociais: FACEBOOK, INSTAGRAM ou LINKEDIN.

plugins premium WordPress