Saúde e Produtividade: o Papel da Robustez Imunológica das Matrizes

Na suinocultura, é comum a atenção com a imunidade estar mais concentrada nos leitões recém-nascidos, na qualidade do colostro, e nas fases de maior risco de contaminação, ou seja, o crescimento e a terminação. No entanto, é necessário direcionar um maior foco na melhora da imunidade das matrizes, devido a seu grande impacto em toda a produtividade da granja.

As matrizes suínas são submetidas a períodos fisiológicos de menor efetividade do sistema imune, que são a gestação e o puerpério. Por isso, garantir sua robustez imunológica é fundamental para minimizar as perdas na capacidade dessas fêmeas enfrentarem agentes patogênicos.

Matrizes com imunidade comprometida são mais propensas a:

  • Infecções: sem um funcionamento efetivo do sistema de defesa da matriz, os contaminantes disseminados no ambiente trazem um maior risco da ocorrência de doenças, principalmente de caráter respiratório e digestivo.
  • Falhas reprodutivas: maior susceptibilidade a patógenos que se multiplicam no sistema reprodutor, impedindo a fecundação e/ou o progresso da gestação.
  • Piora na digestibilidade e na conversão alimentar: a inflamação decorrente da presença de patógenos na mucosa gastrintestinal compromete o funcionamento das células e diminui a capacidade de absorção dos nutrientes.
  • Menor qualidade do leite e do colostro: a dificuldade de produzir e concentrar proteína e gordura, tanto no colostro quanto no leite, resultam em um comprometimento na sobrevivência e no ganho de peso dos leitões.
  • Mortalidade: a menor capacidade do controle de infecções pode levar o animal a óbito.

Imunidade x eficiência produtiva

Como a matriz precisa de várias gestações para trazer o retorno sobre o investimento, a mortalidade confere uma perda econômica significativa, não apenas pela perda da matriz, mas também das leitegadas que deixam de ser produzidas.

Além disso, as matrizes podem ser uma fonte de contaminação para os leitões recém-nascidos. Uma melhor imunidade reduz a capacidade de replicação de patógenos no organismo da matriz, o que também impacta na disseminação dos agentes patogênicos.

Por isso, fortalecer o sistema imune das matrizes é fundamental para uma produtividade sustentável.

De que forma podemos garantir a robustez imunológica de matrizes suínas?

A atenção a pontos estratégicos é crucial para fortalecimento da imunidade das matrizes:

Programa de vacinação: implementar um protocolo sanitário eficaz na granja, seguindo as melhores práticas, aumenta significativamente a capacidade de combater infecções, graças ao fortalecimento do sistema imunológico.

Redução do estresse: o estresse leva a um acréscimo nos níveis de cortisol, um agente com propriedades imunossupressoras que enfraquece diversos elementos do sistema imunológico.

Nutrição: uma nutrição balanceada garante que as moléculas e as células do sistema imune sejam produzidas em quantidade e qualidade adequadas. Além disso, aditivos melhoradores de desempenho melhoram a imunidade da mucosa intestinal, diminuindo o risco de infecções.

Seleção genética: abordagem efetiva para aumentar a robustez imunológica das matrizes

O melhoramento genético possibilita a seleção de diversas características que contribuem para uma melhor capacidade de enfrentar desafios. São elas:

  • rusticidade, que traz uma maior resistência natural a infecções, diminuindo a ocorrência de doenças e a mortalidade.
  • temperamento das matrizes, selecionando animais mais dóceis, permite um manejo mais tranquilo com animais com maior facilidade de adaptação, reduzindo a secreção de cortisol e a queda da imunidade associada ao estresse.
  • A capacidade de manter uma ingestão de ração satisfatória mesmo no calor, assegurando uma nutrição adequada que supre a regeneração celular e a produção de energia.

Afrodite: matriz da TOPGEN tem a menor mortalidade do mercado

Nossa matriz AFRODITE é resultado de criteriosa seleção genética por meio de cruzamentos entre as raças Large White e Landrace. O resultado é uma fêmea que se destaca por sua docilidade, rusticidade e boa ingestão de ração no calor, entre outras características.

Conheça a matriz AFRODITE e obtenha uma produção sustentável, eficiente e com maior bem-estar animal.

Gostaria de saber mais? Entre em contato com nossa equipe!

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe essa matéria com seus amigos e aproveite para acompanhar todas as novidades da TOPGEN nas redes sociais: FACEBOOK, INSTAGRAM ou LINKEDIN