TOPGEN marca presença na feira EuroTier e é elogiada por concorrentes de mercado

Mais uma vez a TOPGEN marca presença na EuroTier, evento de alto calibre, agora na cidade de Hannover, na Alemanha, trazendo vários insights para o mercado de suinocultura.

Nossos parceiros na SUISAG: da esquerda para a direita: Presidente do Conselho de Administração da SUISAG, Leo Müller, Arie Bronkhorst, Beate von Staa, Dr. Jörg Hartung, Henning Luter, responsável pela exportação da SUISAG e Matteo Aepli, CEO da SUISAG.

TOPGEN marca presença EuroTier

Buscar inovações dentro do setor da suinocultura para oferecer o melhor serviço e produto é o que move a TOPGEN diariamente. Tendo isso como prioridade, a CEO da empresa, Beate Von Staa, viajou até a cidade de Hannover, na Alemanha, para acompanhar a feira EuroTier, local onde encontrou colegas de mercado e concorrentes que elogiaram a TOPGEN no cenário internacional.

Confira abaixo quais são os novos insights do mercado, assim como a confirmação de tendências que já estão sendo colocadas em prática e prometem continuar a todo vapor nos próximos anos. Nesta edição do evento, alguns temas se sobressaíram, como por exemplo a digitalização de inúmeros processos e o bem-estar dos suínos, como veremos adiante.

O que é a EuroTier?

A EuroTier é uma feira internacional com duração de 4 dias, muito conhecida por ser um dos maiores encontros do mundo relacionado à criação de animais de uso econômico, envolvendo suínos, bovinos, aves, ovinos, caprinos e peixes. Realizada em conjunto com a Feira Energie Decentral, que se tornou uma plataforma com soluções relacionadas à energia, otimização do uso e produção, os dois eventos acabam sendo um verdadeiro hub de inovações, complementando um ao outro e recebendo visitantes de diversos países, tanto do Ocidente como do Oriente.

Como visitante do Brasil, uma das coisas que mais me chamou a atenção foi a transição de soluções de automatização para digitalização. Isso inclui desde a alimentação, controle de ambiente interno e diversas integrações entre gestão e o smartphone“, comenta Beate.

Vale ressaltar que a maioria dos fornecedores de nutrição e insumos, que atendem as mais variadas cadeias da proteína animal, também marcaram presença na EuroTier.

Da automatização para a digitalização

A TOPGEN, marcando presença na EuroTier, acompanhou como as automatizações de processos já são uma realidade dentro da suinocultura, mas as evoluções não param por aí. Em consequência disso, o termo digitalização começou a ser mais frequente nas discussões sobre as tendências de 2023.

Nesse sentido, a digitalização será efetiva para controlar não só a alimentação, mas também a temperatura e iluminação do ambiente, concentração de gases, comportamento animal para detecção precoce de possíveis doenças, aparelhos para verificar a frequência de tosses nos suínos e estimativa de peso dos animais ainda nas baias por intermédio das pistolas. Também contempla:

  • Redução de gases nocivos via otimização na alimentação, com uso de enzimas na ração;
  • Filtros nas instalações rurais para redução de saída de gases nocivos;
  • Coleta e compilação de dados dos diferentes comportamentos animais;
  • Reconhecimento facial.

A digitalização também surge como um chamariz capaz de atrair jovens para atividade rural, além de conseguir captar uma extensa quantidade de informações necessárias para que haja maior precisão e assertividade em todos os âmbitos do negócio do suinocultor.

Incentivo à pesquisa

Outra pauta, que inclusive já é recorrente na EuroTier. é a grande importância depositada no incentivo à pesquisa e, consequentemente, à inovação. Nos corredores da feira, a quantidade de stands de faculdades e serviços institucionais, como consultorias e financiadores era impressionante. Tudo isso com o objetivo de atrair mais jovens para esse mercado de trabalho tão específico, sempre incentivando a inovação.

Ainda em relação às pesquisas, a feira nos trouxe um paradoxo interessante. Ao passo que estamos, cada vez mais, conectados à tecnologia e constantes inovações, também nos mostrou que algumas técnicas jamais sairão de cena, em especial quando o assunto diz respeito ao bem-estar animal. Por exemplo: o uso de palha dentro das granjas está voltando a ser valorizado, assim como liberar os animais em ambientes externos. Mas como otimizar esses processos até então manuais? Simples. Já existem soluções de automação para espalhar e limpar a palha suja do ambiente. Uma grande revolução que une o futuro com o passado, em prol de um presente assertivo e lucrativo.

Insights e soluções

Abaixo listamos algumas soluções inovadoras e insights não só para os grandes produtores, mas também para os pequenos, confira:

  • Pontos de vendas de produtos locais, como ovos frescos e frutas, sem a necessidade de um atendente. Mas como? Fazendo um vending machine totalmente climatizada, do tamanho de um container, na qual o produtor apenas inclui seus produtos, que ficam disponíveis para o consumidor pagar e retirar;
  • Uso de caminhões frigoríficos, ou seja, um frigorífico móvel;
  • Galinheiro volante, no qual as galinhas são transportadas para um local durante o dia e no dia seguinte para outro e assim por diante. Isso oferece mobilidade e novos ambientes para ciscar.

Em relação à nutrição dos animais, com a presença da TOPGEN na EuroTier, a pauta da vez foi a dificuldade em fornecer proteína, principalmente nos países que não produzem soja. Para driblar esse obstáculo, os insetos estão cada vez mais presentes, tornando-se uma fonte substituta e sustentável, que podem ser transformados em um tipo de farinha. O inseto mais indicado para esse procedimento é a mosca Black Soldier.

topgen-marca-presença-na-EuroTier

Se você gostou do conteúdo de hoje sobre a TOPGEN marcar presença na EuroTier, compartilhe com seus amigos e aproveite para acompanhar todas as novidades da TOPGEN nas redes sociais: FACEBOOK, INSTAGRAM ou LINKEDIN.

Compartilhe agora